Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Direito, gestão e esportes

Direito, gestão e esportes

Por Higor Maffei Bellini 

 

Nada, em um clube, seja de futebol, basquete ou vôlei é mais importante que a sua torcida.

 

É a torcida quem mantém o clube. A única que é eterna em uma agremiação esportiva já que a presidência chega ao fim, quando encerra o mandato o patrocínio acaba, mas a torcida na chuva ou no sol sempre estará lá.

 

Por isso o maior erro de um atelta é desconsiderar a tocida. Para dar importância apenas para a direção, para o patrocínador ou para a imprensa. Já que não estes quem mantém um contrato, quem o faz é a torcida que a um atleta.

 

Por isso é importante ao atleta saber os mascotes da sua torcida, as dos rivais, para que não use símbolos dos rivais, criando uma situação problemática para o atleta.

 

Por isso que o atelta bem assessorado procura descobrir quem é aquela torcida, como ela se relaciona com os atletas e com o próprio clube. Para não ter atitudes que desagradam a torcida, para que esta não peça a demissao do atleta, ou que impeça a concretização da contratação.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.