Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Direito, gestão e esportes

Direito, gestão e esportes

Por Higor Maffei Bellini

 

Olá a todos.

 

Desta vez vou tratar de novo, sobre a questão da importância da torcida, nas bancadas dos estádios para as partidas de futebol. Isto porque chegamos nas meias-finais da copa Libertadores, bem como da copa do Brasil. Lembrando que o autor deste blog no momento está vivendo no Brasil, por isso os maiores  exemplos dados vem do continente sul-americano. 

Nas meias finais da libertadores teremos 02 jogos envolvendo equipes argentinas e brasileiras. Uma meia-final será entre Palmeiras e River e a outra terá Boca e Santos. 

Este dois times argentinos, que são muito grandes, tanto é que são times sul-americanos, que tem patrocínios de gigantes empresas globais, demonstrando a importância destes times no cenário do futebol mundial.

E grande parte da importância destes times, no cenário internacional vem, também, de fazerem valer os fatores campo de jogo, quando jogam em seus domínios com a presença de sua fanática torcida apoiando a equipe nos jogos, sobretudo quando jogam na la Bombeneira ou então no Monumental de Núñez. não que estas hinchadas não os acompanhem fora da Argentina acompanham, mas é em seus domínios que se fazem mais fortes, como todas as ultras.

Mas e agora que não haverá torcida nas bancadas, em razão das medidas contra a Covid, como ficarão, os jogos em casa?

Ficarão com certeza mais tranquilos, para as equipes visitante. Mas, nunca ficarão mais fáceis, posto que os jogadores se entregaram com a mesma dedicação. Contudo ficarão mais tranquilos já que las hinchas, não estão nos estádios fazendo a sua tradicional festa, que por vezes acaba por dificultar a comunicação dos atletas dentro de campo, não tirando assim a atenção dos jogadores visitantes.

Ao passo que o time da casa perde o apoio desta sua torcida, não contando com aquele incentivo a mais necessário, para buscar um resultado que está adverso, ou o apoio a um jogador que acabou por falhar em algum lance, e sem a torcida para gritar o seu nome, este pode se sentir desestimulado naquela partida. Contudo a ausência de publico pode ajudar a este mesmo jogador que não será cobrado pela torcida, tendo tempo para se recuperar naquela partida. Assim a torcida para um determinado jogador, pode ser o bem ou pode ser o mau.

Ser o dono do campo de jogo ainda é um factor muito importante, neste momento de meias-finais, mas agora pelo fato de já conhecerem o campo de jogo, já estarem acostumados com o gramado, com o posicionamento das placas de publicidade, que ajudam ao atleta na localização espacial dentro do campo, para concluir um jogada, ou até mesmo por já conhecerem o caminho para o estádio, saindo da concentração ou do hotel.

Assim concluirmos com a certeza que a presença da torcida, no estádio, é de suma importância para as equipes, do ponto de vista psicológico, pelo apoio que traz a equipe local e por ajudar a dificultar a comunicação e a concentração dos jogadores  da equipe visitante, menos do ponto de vista económico posto que hoje com os programas de sócios torcedores, a presença do publico no dia do jogo, se torna desnecessária para cobrir as despesas necessárias, para a realização do jogo, que se torna muito menos pela ausência do publico, apenas a titulo de exemplo de um fato que diminui o custo da abertura do estádio é o custo de agua nos banheiros, já que sem o publico não há a necessidade de todos os banheiros estarem abertos, diminuindo assim o volume de agua utilizado no dia do jogo.