Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Direito, gestão e esportes

Direito, gestão e esportes

por Higor Maffei Bellini  Eu que sou da safra de 1978, que vou aos estádios no Brasil desde a década de 1980 na cidade de São Paulo, que desde os anos 1990 viajei pelo Estado de São Paulo, desde 2000 pelo Brasil e de 2010 pelo mundo, vim aos poucos ganhando experiência para ir aos estádios no mundo.   Pela minha história de vida, acima expressa, o máximo que levo a um estádio hoje é o celular para tirar a foto do jogo e marcar o tempo de jogo. Contudo vejo que sou um (...)
Por Higor Maffei Bellini  Final de temporada no Brasil, que acontece na primeira semana de Dezembro, permite aos atletas folga e ferias. Mas alguns insistem em jogar amistoso e festivais se expondo a lesões. Por isso os atletas profissionais devem evitar participar destes eventos, posto que se não tiverem contratos e se machucarem podem não ter dinheiro para o tratamento e podem não encontrar um novo clube, já que não se contrata jogador lesionado.   Se o jogador machucado (...)
por Higor Maffei Bellini  Os atletas, de qualquer esporte, são empregados dos times. Ppdem ganhar fortunas, podem ter regalias ou ainda estratamentos especiais. Mas são apenas empregados.   Atletas, de relativo destaque, via de regra se esquecem do fato de serem empregados, em relação ao clube. Não estrelas de importância solar, daquelas que podem tudo.   E ppr serem empregados precisam serem tratados como o devido respeito devido ao ser humano empregado.   Mas também (...)
Por Higor Maffei Bellini  Ensinou que o presidente de um clube, tal qual o sócio investidor da boate, ser levado a juri popular, o que no caso do Brasil é só para casos de crimes dolosos contra a vida.   Mesmo a condenação tendo sido por homicídio por dolo eventual aquele que em que autor do fato não desejava matar, mas aceita o risco da sua atitude provocar a morte.   De agora em diante o presidente de um clube, ou clubes, que são os responsáveis pela realização da (...)
Hoje, apenas hoje tive de ler um documento em ingles, para atender a uma cliente que está jogando na África, outro em espanhol para um da América do Sul além daqueles em português para os do Brasil.   Quem quer fazer carreira na indústria do esporte/entreterimento tem de saber se comunicar em outros idiomas.   Sem conseguir se comunicar em outras línguas a pessoa fica limitada a autar apenas em seu país e naqueles que falam a mesma língua. A importância de ser que ae (...)
Por Higor Maffei Bellini    Este texto tem origem em duas ações trabalhistas que dei entrada hoje, enquanto advogado de atletas.   Estas duas ações se não fossem dois times diferentes  valores de salário diferentes e tempo de contrato. Tudo o mais seria o mesmo. Duas atletas contratas para disputar o campeonato estadual, por dois times que nunca tiverem condições de arcar com os salários das atletas.   Tanto é que não tinham condições de arcar, que sequer pagaram (...)
26 Nov, 2021

Feriados e esportes

Por Higor Maffei Bellini  Os feriados e as festas combiam com assistir a esportes. Em especial em frente as televisões ou telas de computado e celular.   Sou antigo prefiro assistir pela televisão.   Em dias como hoje onde se comemora no Estados Unidos especialmente o dia de ação de graças o thanksgiving. As pessoas gostar de assistir a jogos na companhia de seus entes queridos.   As equipes, que sejam brasileiras, trabalhando em feriados devem lembrar de pagar o dia (...)
Por Higor Maffei Bellini    O telão em uma instalação esportiva, pode e deve ser utilizado para algo além de transmitir lances do evento. É possivel ser uma fonte de renda para a equipe mandante  aquela dona do local, onde está sendo disputada a partida.   Esta fonte se renda pode ser da maneira clássica, com a venda de minutos de exibição do nome dos parceiros comerciais do evento, da equipe.   Mas também pode servir de fonte de renda coma venda se espaço para que (...)
Por Higor Maffei Bellini    Sim, o título é da instituição. Independente de ter sido conquitado pela equipe masculina ou feminina.   Apenas a título de exemplo se uma instituição tem uma equipe masculina e uma femina e cada uma ganhou dois titulos nacionais. A instituição tem 4 títulos nacionais. Se a instituição tem estes títulos de alguma forma representado em sua camisa, o mais comum seria por estrelas.   Ambas as equipes podem usar a camiseta com as 4 estrelas, (...)
Por HigorMaffeiBellini Neste texto compartilho a minha opinião, das razões pelas quais a Conmembol erra ao copiar o padrão europeu de final em jogo unido, em cidade pré definida.  O primeiro erro é cultural se ignora que nós sul-americanos não somos europeus. Temos nossa própria forma de torce, de encarar uma partida de futebol de encarar a nossa relação com o clube, tanto que ao menos no Brasil não vejo a existência de Sads ou Safs para os grandes clubes, já que aqui a (...)